A Vida é Missão!


"Onde há povo, há Missão. Onde há Missão há mil razões para ser feliz"

Pesquisar

FÉ
Pelo dom da fé, o cristão contrai alinaça com Deus, entra em comunhão com o Pai, pelo Cristo, no Espirito Santo e com os mais irmãos e irmãs que crêem. A união mística se torna percebida, experienciada!

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

CARTA DO PADRE - NOVEMBRO

TEMPO DE ESPERA – ADVENTO
Neste mês de novembro vamos à frente com bandeirinhas, gestos e canções que amolecem os nossos corações. É o tempo de espera é advento que chega, a expectativa de um novo jeito de ver as coisas, um quem sabe começar tudo de novo, mas na certeza de uma espera espiritual maior que do ano passado, passos mais firmes e confiantes em Deus. Vamos celebrar também, finados, rezar e cantar em homenagem aos que já partiram para terras mais distantes e encontrem a santidade. Louvando os dias de todos os santos e santas na certeza de que a nossa santidade será uma grande alegria para nós e para Deus. E assim encerrarmos o ano litúrgico com a Solenidade de Cristo Rei, dia nacional dos leigos e leigas com a Santa Eucaristia. Iniciando um novo tempo litúrgico: o tempo de espera – advento. Este ano além das novenas nas casas com as famílias, onde muitos iniciam em novembro por causa dos trabalhos, teremos também a partir do dia 15 de dezembro novena de natal na igreja. Portanto as famílias poderá seguir o esquema do livrinho e datas de inicio como de costume. Ao mesmo tempo estaremos organizando na Matriz Senhor Bom Jesus o Natal Luz. Porém antes vamos preparar a coroa do advento com a procissão da vela do advento acendendo a cada domingo uma das quatro velas. Fazendo deste tempo de espera, vigilância e juntos participar do Retiro Missionário que irá acontecer no final deste mês rumo a Santa Missões Populares. Um Abençoado Advento! Pe. Valdenir Pereira

Agradecimento aos dizimistas


O Dízimo é um mandamento bíblico. Como tal, ele é também um direito que todo cristão tem de ofertar uma parcela de seus rendimentos, como meio de agradecer a Deus e de colaborar com sua Igreja. Dízimo é um sinal de compromisso de fidelidade com Deus, com a Igreja e com os pobres. Jesus, na sua bondade infinita, instituiu a sua Igreja, para ela evangelizar catequizar, servir e santificar. E para que ela possa desempenhar a sua vocação evangelizadora no mundo, necessita de recursos materiais e esses recursos devem provir de nós, seus filhos, que somos e formamos a Igreja viva de Cristo aqui na terra. Com o dízimo você ajuda a transformar a Igreja para que ela seja cada vez mais unida e fraterna, a fim de que possa cumprir sua missão evangelizadora como Jesus a quer. Agradecemos a você, dizimista, pela sua generosa colaboração. Graças a ela, está sendo possível manter as Pastorais e a Evangelização. De modo especial estaremos rendendo louvor a Deus por todos os dizimistas no dia 20 de Novembro, domingo, 09h00 na Paróquia Senhor Bom Jesus
Continue fiel a Deus!
Seja perseverante em sua generosidade.
Contamos com você. Pastoral do Dízimo   Paróquia Senhor Bom Jesus
 

OBRIGADO DIZIMISTA! COM CARINHO PASTORAL DO DIZIMO E PE. VALDENIR
DEUS TE ABENÇÔE!








Atenção:

Reunião do Conselho da Ação Evangelizadora dia 07 as 19h30
Assembleia Paroquial Dia 20 10h00 enceramento com Almoço
Almoço de Confraternização
Com as Equipes que trabalharam na festa do Padroeiro Dia 20- 12h30
Retiro Missionário para todos agentes, aberto a comunidade dias 26 e 27.

SANTA MISSA NAS CAPELAS


São Pedro:                     Dia 06 - 09h00                            
São Sebastião:                Dia 06 - 10h30                   
Nª Senhora Aparecida: Dia 13 - 10h30
Santa Luzia:                   Dia 06 - 20h00                          
São Marcos:                    Dia 19 - 20h00. 
São Silvestre:                  Dia 05 – 19h00;      
                                         Dia 12 – 19h00;           

ESCALA DE LITURGICA - NOVEMBRO - 2011 –



DIA
HORA
TEMPO LITÚRGICO
COMUNIDADE
MINISTÉRIO MÚSICA
02 – Quarta
09h00
 Finados com procissão
Meceps
Santa Cecilia
03 - Quinta
19h45
Missa com Benção do Santíssimo


04 - Sexta
20h00
 São Carlos Barromeu
Apostolado da Oração
Santa Cecilia
05 – Sábado
20h30
 Todos os Santos e Santas
Bom Jesus
Filhos do céu
06 – Domingo
19h00
 Todos os Santos e Santas
Missa da Saúde  -  Adolescentes
Raio de Luz
09 – Quarta
15h00
Dedicação Basílica de Latrão Branco
Funcionários
Santa Cecilia
10 – Quinta
19h45
Missa com Benção do Santíssimo


12 – Sábado
20h30
São Josafá       Vermelho
São Paulo
Jesus te ama
13 – Domingo
09h00
33º Semana Tempo Comum Verde
Pastoral Familiar

16- Quarta
15h00
33º Semana Tempo Comum Verde
Ministérios dos Coroinhas
Santa Cecilia
17 – Quinta
19h45
Missa com Benção do Santíssimo


19 – Sábado
20h30
34º Semana T. Comum Vermelho.
Jovens
Santa Cecilia
20 – Domingo
09h00
Solenidade de Cristo Rei - Branco
Nossa Senhora da Paz
 Filhos do Céu
23- Quarta
15h00
34º Semana Temp Comum
Pastoral da Criança
Santa Cecilia
24-Quinta
19h45
Missa - Mártires cor vermelha


26- Sábado
20h30
Advento
Atos dos Apóstolos
Jesus te Ama
27- Domingo
09h00
1º Domingo do Advento
Catequese
Voz do Decanato
30- Quarta
15h00
Santo André – Cor Vermelha
Renovação Carismática
Santa Cecilia





ORAÇÃO DO MÊS – NOVEMBRO

Glória a Ti, Jesus Cristo, Rei do Universo. Tu és o meu Senhor e o meu Deus.
Tu és o princípio e o fim de todas as coisas. Em Ti tudo é bom, tudo é perfeito.
Em Ti o perdão é constante, e o amor infinitamente eterno.
Em Ti a misericórdia é Nome, e a fidelidade permanente. Em Ti não há temor, porque a dor,
é vencida pelo amor. Em Ti existo, sem Ti, nada sou.
Em Ti confio, em Ti espero, em Ti caminho, e vivo, em Ti repouso, e descanso.
Tu és a rocha da minha salvação, o sopro que me dá vida ,o alento que me enche, a força que me move. Em Ti sou coração! Sem Ti sou apenas, um monte de carne e de ossos, à espera de um fim sem ocaso. Em Ti sou uma vida, à espera de uma passagem, para Ti, vida eterna.
Glória a Ti, Jesus Cristo, Rei do Universo, Tu és o meu Senhor e o meu Deus. Prostro-me a teus pés,
de mãos postas a rezar, dá-me da água viva, que só Tu, Senhor, sabes dar.

sábado, 15 de outubro de 2011

ORAÇÃO DO MÊS – OUTUBRO

Senhor Deus, Pai amoroso, estamos tantas vezes cansados, nervosos, preocupados demais com o destino de nossas vidas e do mundo. Sabemos que incontáveis Anjos partilham contigo o Reino de plena glória e felicidade. Envia para nós o Anjo da Paciência para animar  e amar nossos irmãos., o Anjo da Bondade para continuar a dar vida nos gestos simples de cada dia; o Anjo da Luz para iluminar nossos caminhos com energia e doçura; o Anjo da Alegria para podermos sorrir no meio das dificuldades e incertezas; o Anjo das Chaves para abrir os corações dos oprimidos, rejeitados, deprimidos, desanimados, o Anjo do Entusiasmo para sentir a presença de Deus nas crianças, nos jovens, nos homens, nas mulheres, na beleza de todas as criaturas, na vida e além da morte . Amém.
                              Frei Clemente Kesselmeier, OFM-Rj
OBRIGADO DIZIMISTA! COM CARINHO PASTORAL DO DIZIMO E PE. VALDENIR
DEUS TE ABENÇÔE!

SANTA MISSA NAS CAPELAS

São Pedro: Dia 02 09h00                             São Sebastião: Dia 02 10h30                     Santa Luzia: Dia 16– 10h30                             Nossa Senhora Aparecida: Dia 23 – 10h30                                                                   São Marcos: Dia 30- 10h30 
São Silvestre:         Dia 01 – 18h00;      Dia 08 – 18h00;           Dia 15 – 18h00;                 Dia 22– 18h00;

REUNIÃO DE LITURGIA PARA SEU CONHECIMENTO

- Os Salmos estão a cargo dos ministérios de musica;
- Os catequisandos - turmas de catequese de entregar os envelopes e acolhida na igreja;
- O recolhimento dos envelopes após a missa, coroinhas, ministros, catequisandos;
- A missa das 09h00 da manhã segue normal. Missa à noite somente no 1º Domingo
- Quando houver encontro ou atividades extras e for necessário encerrar com a Eucaristia
A mesma será comunicada a comunidade, OU PODERÁ SER SOMENTE PARA OS ENCONTRISTAS.
- O Informativo Diocesano e Paroquial estarão à disposição na última reunião das Cebs;
- Trazer a bíblia nas reuniões das Cebs e fazer o uso das mesmas nos grupos de reflexão;
- Nos grupos de oração de reflexão e atividades da paróquia utilizar a Bíblia! Não somente quem vai pregar ou conduzir o encontro! É bom para o Aprofundamento Espiritual que os participantes tenham também A BIBLIA Palavra de Deus, nas mãos.- O Salmista do dia pode aguardar junto com os leitores. É a suavidade do salmo e dos instrumentos é que vai dar uma boa interpretação da Palavra cantada e proclamada; - A reverencia para o altar faz-se necessário uma só vez;- Quem proclama a leitura, faz reverencia para o altar perto do lugar onde se encontra.- Não é necessário ir lá à frente do altar para realizar a mesma; - Não é necessário esperar o outro leitor para depois subir ao presbitério
- A reverencia é sempre individual, a não ser que alguém o está acompanhado indo em direção ao altar; - Quem segura algo a mão não faz genuflexão, (gesto de profundo respeito e reverencia mento) assim quem o acompanha também não faz genuflexão só reverencia. Comenta-se apenas para o inicio da celebração e outro geral para as leituras simples, sem especificar primeira ou segunda leitura ou salmo tal. Não é mais necessário e nem foi; Se diz palavra do Senhor! Singular!
Segundo a liturgia Palavras no “Plural” é mais conversas palavras soltas, para a proclamação de leitura bíblica é no singular por causa do “verbo encarnado Jesus” – Palavra do Senhor. Resume-se numa só Palavra.
- Aulas de Violão: todas as quartas-feiras as 19h00 – Salão Paroquial - Aulas de Capoeira: Segunda e quintas-feiras a partir das 19h00 – Salão Paroquial - Oficina de Liturgia e Canto Todo 1º & 4º Domingo as 15h00

A Efusão do Espírito Santo

Entende a efusão do Espírito nestes termos: "É como a renovação do nosso batismo sacramental, pelo qual fomos incorporados em Cristo e na sua Igreja, como uma nova efusão ou derramamento do Espírito Santo em nós, para que se torne realidade na nossa vida tudo o que está implícito no batismo sacramental e possa desenvolver-se nela toda a sua graça e toda a sua vida, em ordem à nossa santificação e à edificação da Igreja". É disso que se trata: de uma renovação, ou talvez melhor, de uma atualização do nosso batismo, do primeiro e único batismo, aquele que recebemos quando éramos muito crianças e pelo qual fomos submergidos no coração de Cristo Jesus e da sua Igreja, e onde recebemos o Espírito Santo, com tudo o que é e significa. Mas, para a maioria absoluta dos fiéis cristãos, tudo aquilo que está contido no batismo parou sem florescer. Não fizeram a experiência do Espírito na sua vida. O contraste entre o que é e o que deveria ser é realmente assombroso. A efusão do Espírito é como um desejo infinito de que o Espírito realize em nós o mesmo que realizou nos discípulos de Jesus no dia de Pentecostes, que possamos experimentar o que viveram as primeiras comunidades cristãs. Ou, dito de outro modo: que aquilo que recebemos no batismo sacramental irrompa nas nossas vidas, que o Espírito emirja da clandestinidade em que o temos mantido e se faça presente; que tudo o que está ali, como uma semente na alma, cresça, se desenvolva e se manifeste na nossa vida; que possamos ouvir o ruído do vento e as línguas pousem sobre as nossas cabeças e os nossos lábios estalem em louvores e possamos proclamar ante o mundo inteiro o triunfo da vida sobre a morte. Pedimos ao Senhor um pentecostes para nós. O homem põe a súplica e o desejo de receber tudo o que está prometido na palavra de Deus e o Senhor põe o resto: envia o seu Espírito, derrama-o e cumula todas as ânsias dos que lhe suplicam. O Espírito entra como um furacão ou como uma suave brisa e transforma por inteiro a vida. Nesse sentido, a efusão do Espírito é um dos elementos fundamentais do Renovamento Carismático e um acontecimento que deve ter lugar na vida de todos os fiéis cristãos. Deus é quem toma todas as iniciativas; é Ele quem submerge o homem, por pura graça, no mar infinito do seu amor. Tal como uma tela pintada já não é o mesmo que antes, assim o homem batizado pelo Espírito já não é o mesmo que antes: adquiriu a cor do Espírito. Isso é definitivo. Quem não foi batizado, empapado e tingido pelo Espírito de Deus, vive todavia na carne, não nasceu de novo. É um homem natural. Por isso é preciso desejar com toda a alma esse batismo, para que o Espírito nos limpe com o seu banho, nos inunde com a sua força e encha a nossa alma até transbordar. "No Renovamento Carismático o Espírito suscitou o desejo ardente de pedir que se realize de uma maneira concreta e viva o que sucedeu no dia de Pentecostes, o que tem ocorrido sem cessar na vida da Igreja, o que nos foi entregue como prenda no momento do batismo. O que aconteceu, continua a acontecer; o que foi prometido, está a ser cumprido agora. A palavra de Deus é irrevogável. O Espírito despertou muitos homens do seu sono para que eles possam despertar os outros. Nesse sentido falamos de uma efusão do Espírito". Pe. Vicente Borragán Mata, OP in "Como um Vendaval... O Renovamento Carismático", ed. Pneuma

Padres e Cantores

Loading...

Padre Valdenir Pereira

Postagens populares

Postagens populares